Corretor de imóveis: seis dicas para realizar sua melhor venda

Corretor de imóveis- seis dicas para realizar sua melhor venda

Você já passou pela experiência de sentir que determinado atendimento seria a sua melhor venda, mas que por algum processo no meio da negociação, a venda perfeita “escorregou” entre seus dedos?

Pois é, muitas vezes estamos tão preocupados em realizar a melhor venda que não percebemos as oportunidades que surgem em nossa rotina de trabalho. Sempre acreditei que a minha melhor venda era toda a chance que eu tinha de atender a um cliente, não importando o quão difícil pudesse parecer.

No post de hoje refletiremos sobre seis dicas de como transformar a sua oportunidade de se relacionar com o cliente em sua melhor venda. Vamos crescer juntos?

1. Adore trabalhar com pessoas

Não há dúvidas de que para fazer sua melhor venda, o corretor de imóveis deve, primeiramente, gostar de trabalhar com pessoas. De nada adianta conhecer as técnicas e ser um excelente entendedor do segmento de imóveis se o relacionar-se com pessoas for um complicador para o seu desenvolvimento profissional e para seu atendimento.

2. Preocupe-se com as pessoas

Esta segunda dica está estritamente ligada à primeira. Gostar de trabalhar com pessoas é estar aberto para um relacionamento sincero e vivencial e esse é um dos grandes diferenciais de um corretor de imóveis.

Preocupar-se com as pessoas é experimentar o processo de compra como se fosse seu e assim, empenhar-se em oferecer o melhor atendimento possível, a fim de que o cliente o veja para além de um corretor,  como um conselheiro, um amigo em que se pode confiar.

Essa interação é muito gratificante, pois já cheguei ao ponto, acredite, do cliente me perguntar qual imóvel ele deveria comprar, dada a confiança conquistada ao longo do relacionamento.

O melhor resultado da venda não é venda entendida puramente como transação comercial, mas o brilho nos olhos dos clientes.

3. Escute ideias e não palavras

Nesse sentido, preocupar-se com o cliente é também estar atento aos seus reais anseios e desejos. A descoberta destes fatores só é possível quando o corretor de imóveis vai além das palavras e é capaz de captar as ideias, as aspirações e as motivações no diálogo com o cliente.

Muitas vezes, a obsessão pela venda nos deixa surdos diante das necessidades reais dos nossos clientes. É preciso transpor o nosso desejo de falar ininterruptamente para ouvir os clientes.

4. Faça as perguntas certas

São as perguntas bem orientadas que provocarão o cliente a expressar melhor as suas motivações e assim, o corretor poderá direcionar de maneira eficaz as suas estratégias.

Perceba que uma pergunta mal elaborada, ou colocada em momento inapropriado, pode originar respostas que se findam em si só e não abrem boas possibilidades de interação. Já uma pergunta bem direcionada instiga o cliente a sair de sua inércia para um campo de reflexão mais amplo que o levará a um aprofundamento do diálogo.

5. Faça uma boa abordagem

É por meio desse relacionamento equilibrado que se cria a empatia, no qual o corretor entende a importância do cliente como pessoa e assim, estabelece um diálogo sustentado. E essa capacidade de identificar-se e de colocar-se no lugar do outro é fundamental para uma boa abordagem.

Deixar o cliente confortável e à vontade fará toda a diferença. E uma das maneiras de alcançar esse objetivo é ter o cuidado de chamar o cliente pelo nome, de oferecer elementos que vão além do imóvel propriamente dito,  que comunique algo mais.

Fale da região onde o empreendimento está inserido, fale do seu negócio, da sua empresa, construa relacionamentos.

6. Seja sempre bem-humorado

Por fim, encare seu atendimento com bom humor e leveza. É difícil afirmar qual é a melhor técnica de vendas, pois correria o risco de ser injusto, uma vez que o profissional tem a liberdade de reinventar e adaptar as técnicas existentes. Mas uma coisa posso afirmar: todas elas passam pelo bom humor.

Com bom humor, o corretor de imóveis é capaz de conquistar o cliente. E isso pode até mesmo fazer passar despercebido um pequeno deslize.

A experiência como corretor de imóveis me fez aprender muitas lições valiosas e, se me permite compartilhar uma dessas com você, é que devemos fazer da nossa venda do momento, a nossa melhor venda sempre. Mas isso depende da forma com que o corretor de imóveis lida com os seus desafios diários. Essas seis dicas trabalhadas aqui hoje possibilitaram a oportunidade de me adaptar, de aprender e de evoluir profissionalmente diante das mais variadas situações enquanto atuava como corretor de imóveis.

E você, o que tem feito para realizar a sua melhor venda? Partilhe conosco suas experiências. Sua opinião e seus aprendizados podem fazer a diferença para o mercado imobiliário.

SOBRE O AUTOR

Guilherme Machado Corretor de Imóveis, Palestrante, Coach, Mestrando em Neuromarketing pela FCU - Florida Christian University/EUA. Especialista em vendas, liderança e negociação com certificação pela University of Michigan/EUA. Com mais de 18 anos de vendas, já transformou mais de 1,5 milhões de profissionais no Brasil com seus cursos, vídeos e palestras.

Deixe seu comentário!