Veja um resumo do Google Think Real Estate 2014

resumo-google-think-real-state

Olá pessoal, tudo bem?
Eu estive no evento que considero um dos mais importantes aqui no Brasil para o mercado imobiliário, o Google Think Real Estate.

No dia 21 de Agosto, o Google realizou este evento que sempre acompanhei as informações e os estudos divulgados por eles. Desta vez, pela primeira vez, participei do evento lá na sede do Google. Com certeza, se você é um corretor mais atento, já viu alguns resultados dos estudos divulgados por eles em 2011 e 2013 e agora, vou contar pra vocês em primeira mão alguns highlights do evento deste ano.

O Google Think Real Estate é um evento do Google específico para o mercado imobiliário.

Eu vejo este evento como um incentivo do Google para o mercado, onde ele traz excelentes profisisonais para palestrar para seus principais clientes que investem em mídia fazendo Adwords e retargeting. Encontrei o pessoal do VivaReal, da Tecnisa, da Brookfield, da Cyrela e da Rossi e acredito que outros portais e empresas também estavam presentes.

Fiz algumas anotações sobre o evento e gostaria de compartilhar aqui com vocês.
Cheguei no evento no finalzinho da abertura com o Diretor Geral do Google no Brasil, Fábio Coelho e por isso não tenho nenhuma anotação sobre o conteúdo dele.

1) Alessandro Leal – Diretor de Negócios

A apresentação do Alessandro começou com o que era uma rotina normal de um executivo, alguns anos atrás, sem a presença da tecnologia. A rotina foi bem estranha e quando ele perguntou quem acreditava que a rotina dele tinha sido realmente aquela, quase ninguém levantou as mãos. Ele disse que acordou, deu um beijo na esposa, tomou banho, fez a barba e sentou na mesa para tomar café e ler o jornal dele, em papel mesmo. Hoje, a nossa rotina diária termina com uma consulta em nosso smartphone e a primeira coisa que fazemos de manha é desligar o despertador no celular e já ver se temos alguma mensagem nas nossas redes sociais e dar uma olhada no email, depois chama um taxi via aplicativo e assim por diante.

Outro fator que o Alessandro falou que eu acho muito importante citar aqui é que hoje temos cidades e casas mais conectadas já sendo usadas por pessoas cada vez mais conectadas. Isto exige um preparo muito maior do corretor que quando vai falar com os interessados num imóvel já vai respondendo o segundo ou até o terceiro nível de perguntas, pois o cliente já chega muito bem informado para conversar com o corretor, seja onde for (stand de vendas, chat online, etc…) Este é um desafio que todos nós temos, de capacitar o corretor para ele entender este novo perfil do consumidor e atender ele da melhor maneira possível.

2) Dr. Eric Haseltine

Uma das palestras mais legais da noite e com certeza vale um post só deste conteúdo. Haseltine falou da internet das coisas, de casas conectadas, citou empresas que o Google comprou e falou muito em Big Data, cloud computing e nessas utilizações para o mercado imobiliário. Um dos exemplos que o Dr. Eric levou para o palco do Think Realstate foi uma lâmpada que tem wifi integrada e se conecta com a internet e outros dispositivos de automação dentro de casa. A lâmpada custa 200 dólares e por isso uma das coisas que ele falou é que esse tipo de tecnologia vai demorar ainda para ser popular e entrar nas casas dos brasileiros. Desculpem a falta de detalhes sobre esta palestra mas vou fazer um post exclusivo com o material que recolhi desta palestra no Blog da empresa onde trabalho.

3) Matt Lawson

Matt falou em sua palestra alguns cases de empresas que usaram a ferramenta que mostra as tendências de busca no Google e aumentaram significamente suas vendas. O case que achei mais legal foi da Loreal. A empresa notou um crescimento absurdo num termo chamado Ombre Hair. Isso nada mais é do que um efeito que as mulheres fazem no cabelo para deixá-lo com um degrade. A Loreal viu que essas buscas no Google estavam crescendo muito principalmente com termos para fazer o efeito em casa e baseado nesses dados ela lançou uma linha de produtos para as mulheres fazerem o tal efeito em casa e vendeu horrores, mais de 6 milhões de produtos. Eu já falei sobre esta ferramenta aqui mesmo no Blog do Guilherme Machado para você decidir quais assuntos escrever no seu blog.

Mas e no mercado imobiliário?

Uma das palavras mais buscadas no Google é varanda gourmetQuais os termos mais buscados e quais são as empresas que estão de olho nisso?

Matt citou alguns exemplos para buscas por Varanda Gourmet e Varanda com Churrasqueira. Analisando estes dois termos, o primeiro tem muito mais buscas, portanto, utilize mais Varanda Gourmet para anunciar um imóvel do que o segundo termo. Claro, é importante que o empreendimento possua realmente este benefício né?

Lembre-se propaganda é a alma do negócio mas propaganda enganosa dá cadeia!

4) Maria Helena e Gustavo Cordeiro

A dupla apresentou alguns estudos muito legais sobre o uso da tecnologia e da internet no Brasil. Não consegui anotar todos os dados mas alguns chamaram a atenção e merecem que eu cite aqui. Que a venda de desktop no Brasil de 2013 para cá caiu, acho que não é novidade, mas você sabia que o acesso de smartphones na internet nas favelas representa 12%? Um outro dado muito impressionante é que no Brasil o consumo de vídeo online consiste em 70 milhões de pessoas. Audiência muito maior que a população de vários países.

65% das pessoas que assistem vídeo no youtube se interessam pelo mercado imobiliário e os principais assuntos pesquisados são: A região ou o bairro que a pessoa tem interesse em morar, procura por opinião de especialistas e só depois vem a busca por empresas (construtoras, portais imobiliários e imobiliárias) e nomes de produtos.

5) Marcelo Dadian

Marcelo falou um pouco sobre a cultura digital da Rossi e o processo de inovação. Mostrou alguns cases e deu uma excelente dica. Seja o melhor amigo do cara do T.I na sua empresa. Ele vai lhe ajudar a gerar mais leads e a implantar inovações e melhorias no site da sua construtora ou imobiliária.

Dois cases que chamaram minha atenção que ele mostrou no evento foi a parceria com o VivaReal para visitar um decorado através de um robô e o feirão de imóveis em que eles promoveram através de um Hangout com representantes de vários estados. Segundo o Dadian, a tecnologia possibilitou que a Rossi divulgasse o Outlet no Brasil inteiro com uma verba bem baixa.

6) Robert Wolcott

Wolcott falou sobre o processo de inovação. De como é complicado você ter a coragem necessária para inovar. E não é só isso, não precisa ter só coragem, e sim dados, como é complicado inovar quando você tem anos de dados de ações que você fez e deram certo. Para fazer alguma coisa nova, onde você não tem dados e não sabe exatamente qual retorno vai ter, muitas empresas empacam no processo e acabam ficando para trás. Wolcott falou muito da Kodak e de muitas outras empresas que eram líderes absolutas em seus segmentos e quase faliram. A Kodak teve medo de investir em fotografia digital porque segundo eles o negócio deles era o filme das máquinas, mas na verdade o principal negócio da Kodak é a fotografia, o registro do momento e eles tiveram uma experiência de quase morte por não terem investido na fotografia digital logo no início.

Pessoal, espero que tenham gostado do meu post falando do principal evento do mercado imobiliário brasileiro realizado pela Google. Em breve, sairão artigos mais detalhados no Blog da empresa onde trabalho com mais detalhes para vocês.

 

SOBRE O AUTOR

Israel Degasperi Israel Degasperi é publicitário. Possui pós graduação em Novas Mídias. Trabalha com Marketing Digital desde 2008. Mas foi em 2010 que veio morar em São Paulo onde já trabalhou para grandes empresas, como a construtora Tecnisa, o portal imobiliário VivaReal Brasil além de ter dado consultoria para diversas empresas. Atualmente é o responsável pelo departamento de marketing de conteúdo da Imobiliária Lopes

Deixe seu comentário!