Como a Black Friday pode ajudar na venda de imóveis?

Como a Black Friday pode ajudar na venda de imóveis?

Um bom corretor de imóveis está sempre atrás de qualquer oportunidade que possa alavancar suas vendas e resultados. Além de utilizar ferramentas e técnicas, o profissional deve também ficar de olho em oportunidades que o comércio traz. Uma delas é a Black Friday.

Desde 2010 o comércio brasileiro aderiu às promoções no final de novembro, seguindo o exemplo norte-americano. Por lá, o saldão ocorre na sexta-feira seguinte ao feriado de ação de graças e serve para liquidar o estoque antes da reposição de peças para as festas de final de ano.

Neste ano, a Black Friday será em 25 de novembro e diversos setores se preparam para vender mais, inclusive o de imóveis. Diversas construtoras e imobiliárias se mobilizam para oferecer descontos e, geralmente, prolongam as ofertas para todo o mês de novembro.

 

Perspectivas para 2016

O mercado espera um aumento de 30% no volume monetário movimentado durante as campanhas de Black Friday, passando de R$ 1,5 bilhão em 2015 para R$ 2,1 bilhões neste ano. Com o cenário econômico abalado, especialistas apostam justamente nos descontos agressivos da época para potencializar o comércio.

Os clientes parecem seguir a mesma linha dos especialistas. Uma pesquisa realizada pelo Ebit, empresa que mede a popularidade de lojas virtuais entre a população, 84% dos consumidores brasileiros pretendem adquirir algum bem ou serviço na Black Friday.

 

Black Friday no mercado de imóveis

A decisão sobre o preço final do imóvel não cabe ao corretor. Por isso, nem sempre é possível oferecer descontos na Black Friday. No entanto, o profissional é a pessoa mais indicada a barganhar com o proprietário, explicando os benefícios que um desconto pode trazer, mesmo que a primeira vista, não pareça algo interessante.

Além de tentar promoções, o corretor pode aproveitar a Black Friday sem diminuir nenhum preço. Isso porque em novembro, os sites e portais imobiliários conseguem alavancar seu tráfego com mais consumidores buscando imóveis devido às promoções e chegam a entregar 80% mais leads aos anunciantes. Mesmo sem oferecer vantagens, os corretores podem tirar proveito da maior quantidade de visitas, desde que tenha um bom anúncio.

 

Dicas para a Black Friday

Para se destacar da concorrência online e conseguir os melhores negócios, o corretor de imóveis deve prezar por um bom anúncio. Isso trará mais visitas ao mesmo e pode aumentar as chances de o empreendimento ser visualizado por alguém que procura algo exatamente como o ofertado.

Utilize as técnicas de marketing digital para aumentar sua presença online. Invista em blogs, e-mail marketing e anúncios em portais imobiliários. As redes sociais também podem ajudar no engajamento da marca e divulgação de conteúdos.

Certifique-se de ter um bom anúncio, com endereço, título chamativo e esclarecedor, descrição completa e tudo mais que possa gerar interesse no consumidor. Poste ao menos 15 boas fotografias que mostrem todos os cômodos do imóvel e deixe seu contato de forma visível e clara.

Na Black Friday, muitos portais pagos também oferecem descontos e benefícios para os corretores ou imobiliárias que fecharem contrato de anúncios na época e você pode aproveitar para pesquisar e iniciar uma parceria.

Caso você não consiga oferecer descontos ou benefícios reais nos imóveis de sua carteira, aproveite apenas o maior tráfego de usuários. O Procon e outros sites analisam as campanhas e denunciam qualquer tentativa de fraude ou de ludibriar o consumidor, por isso, não vale a pena anunciar promoções que não existem.

O corretor de imóveis deve aproveitar a Black Friday também como oportunidade de negócios. E você? Já fez alguma campanha parecida? Conte para a gente nos comentários.

SOBRE O AUTOR

Redação GuilhermeMachado.com Equipe de conteúdo do blog GuilhermeMachado.com. Especializada em levar até você as principais notícias do mercado imobiliário. Aproveite!

Deixe seu comentário!